Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Selinho...

Este blog que esteve hibernando por algum tempo, recebeu um selinho que não é na boca, como o do programa do Rodrigo Faro, mas um selo carinhoso de um blog lindo mantido por pessoas lindas que adoro demais e conheci graças a comunidade do Pequeno Príncipe no orkut. Alice, Lu, Beca e Rê, mui grato pela lembrança!!
E já que me chamaram pro chá, cá estou eu:
Passo 1 - Fazer referência a quem me ofertou selo:
Alice, Lu, Beca e Rê do Gizcolorido
Passo 2 - Qual tipo de chá mais gosta?
Nem tomo muito, mas gosto de chá de sidreira, pra acalmar os ânimos.
Passo 3 - Quantas colheres de açúcar costuma colocar?
Chá de sidreira é com pouco açúcar, senão um gole enjoa, rsrs.
Passo 4 - Indicar 6 blogs
P.S.: Que seja leve A Humanista Escritos Sonhados Mirada Em Letra Maiscula Armazém da Lu
Vamos sentar entre amigos e aquecer o coração com chá e palavras, pessoas!



Um poema pousou na minha mão

Um poema pousou na minha mão Como uma pena Dengosa e pequena Guiada pelas mãos ternas De uma brisa suave
Rodopiou, o poema Fez firula no ar Velocidade ventou - o poema veio pousar na minha mão
Abri sorriso bobo Olhei Olhei Olhei Poema não se moveu
Era belo Era leve
Acalentava a alma Vê-lo assim, pousado na mão
Tão belo que, confesso Quis prendê-lo no papel Para mostrá-lo a vocês
Mas o poema, que coisa, Pegou carona na próxima brisa
Restou mão vazia Papel em branco (onde fiz esses rabiscos) E a visão do poema sumindo Nas asas do infinito.

Ternura ácida

Deixa-me atravessar a fina camada dos teus calos, Ultrapassar a cor verde de tuas lentes, Para tocar te a pele oculta E alcançar-te a pureza da retina.
Depois de ti, nada mais é vago; O mundo todo transparece em substância fluida Quando abres os braços E me envolves em tua ácida ternura.
Sobretudo amo as noites em que me lanças, Como estranhamente passa a amar a cela O condenado que nela amargou longos anos.
Amo as lágrimas doridas, As chibatadas de solidão sangrando-me peito, O doce suplício que é te amar.