sábado, 1 de agosto de 2015

BEDA 2015 - parte 2: a missão!

E aí, pessoas queridas!! Ó aqui eu de novo na maior cara de pau depois de mais uma promessa de escrever mais descumprida! Hahaha

Ontem a namorada perguntou por que eu não escrevia mais. Eu dei algumas razões possíveis, mas a verdade é que nem eu sei o porquê. Escrever é algo que eu realmente gosto de fazer, mas alguma coisa faz com que eu não dedique mais tempo a essa atividade. Talvez a melhor explicação seja que escrever está quase sempre em último lugar na minha lista de prioridades – e talvez nem seja prioridade alguma. E porque escrever dá trabalho: é preciso pensar, escolher as palavras certas, tentar antecipar algumas possíveis reações do leitor e fazer com que as palavras externem o mais fielmente possível aquilo que projetamos para o texto. Além disso, a boa prática de escrita exige do escritor para com seu texto ler, revisar, reescrever, reler e reescrever de novo até que ele fique sem erros e sem ambiguidades não planejadas.

Agora imagina fazer tudo isso depois de ter acordado cedo, enfrentado 8 horas de expediente e mais 4 de aula na faculdade! Difícil, né? Na maioria das vezes eu só quero descansar o corpo e a mente. Mas não é impossível, tanto que no BEDA de abril a maioria dos textos eu escrevi depois dessa rotina cansativa e ainda saíram alguns bons textos. Eu poderia fazer esse sacrifício duas vezes por semana, com certeza. Mas me falta talvez esse senso de urgência em externar meus pensamentos ou até ressuscitar minha veia literária brindando-os com poemas, crônicas e contos.

É por isso que decidi enfrentar novo desafio e participar de outro BEDA no mesmo ano – dessa vez Blog Everyday in August. Assim, me obrigando a escrever todos os dias, quem sabe dessa vez não me anime e continue a atualizar esse blog com alguma frequência.

Tá vendo?! Agosto pode não ser apenas um mês de desgosto e pode ser que, mesmo ele se  arrastando, como algumas pessoas pensam que se arrasta, haja um bom motivo pra que ele não termine logo: sim, estou falando dos meus textos, modéstia à parte (risos).

Estão preparados? Vamos lá a mais uma tentativa.

Mandem energias e sugestões de assuntos para posts. E leiam e comentem, meus 5 ou 6 leitores fiéis.


Abraço e bom agosto para todos!